segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Ressaca!

   Ain meu domingo foi incrível, com um reencontro M.A.R.A.V.I.L.H.O.S.O com amigas que a tempos não se reuniam, e então resolvemos churrascar né. Partimos para o mercado, quatro meninas discretas comprando os itens que eu creditava que a prioridade seria a carne, mas o carrinho logo se encheu de bebidas. Minha escolha foi um suquinho, mas não durou muito pq eu logo avistei uma garrafa de vinho e não resisti. Resumo da situação: estou com um enjoo da vida apesar de ter bebido apenas 2 tacinhas... o jeito hoje é encarar um chazinho já cedo e focar em refeições levinhas, isso se eu conseguir comer BLÉRR.

domingo, 22 de dezembro de 2013

Meta do Dia

   Bem hoje eu acordei disposta a fazer diferente, a me esforçar e exercer o controle, usei meu lindo app Dieta & Saúde e consegui seguir direitinho durante todo o dia.

   De acordo com o app eu tenho um limite de 40 pontos pra utilizar no dia, já no café da manhã eu achei que estouraria, mas fiquei pasma a noite quando vi me restaram 13, e mesmo assim estava super bem alimentada e satisfeita.

   Meta do dia cumprida lindamente, hora de cama, fui!

Nada Além de Uma Gorda!

   No nosso dia-a-dia percebemos o nível de futilidade e vazio nas pessoas, esse post vai ser um pouco revoltado, pois é muito difícil manter um astral zen quando se lida o tempo inteiro com pessoas @#§%&.

   O que eu quero mostrar aqui é que não importa o quanto você se esforce em ser uma pessoa boa, uma mãe dedicada, uma cidadã honesta, educada e respeitadora, as pessoas só te veem como uma gorda e irão te criticar direta ou indiretamente por isso. Prova disso é que eu tinha o cabelo na cintura por anos, eu disse ANOS e cortei acima dos ombros, uma enoooorme diferença, e mesmo assim quando passo na rua as pessoas só percebem o quanto eu estou gorda. 

   O que as pessoas não percebem é que por mais que elas achem que estão me fazendo um favor em "me ensinar a emagrecer" elas só estão detonando minha auto estima, é como se dissessem assim "Não pode ser gorda" "Ser gorda é ruim" Ser gorda é feio" "Gordos merecem morrer" heuhue exagerei, mas é o que eu ouço quando pessoa começa a me dar lições de como emagrecer.

   Os piores de todos são os ex-gordos, eu fujo deles, tento me esconder feito ninja por que um ex-gordo sempre, sempre, SEMPREEEEEEEEEE acha que tem a solução para os seus problemas, e vai ficar horas se vangloriando de ter emagrecido como se isso fosse vencer a final da copa do mundo com 5 jogadores a menos no time e sem goleiro. Portanto eu indico sempre: FUJA DE EX-GORDO, ELES SÃO PREJUDICIAIS A SAÚDE MENTAL DE UM GORDINHO, kkkkk parei.

   Bem, me perdoem por essas palavras, mas eu precisava desabafar!

Fui a Feira

   Então como tinha dito no post anterior, fui a feira comprar umas frutinhas e legumes pro meu "dia motivado". Só que além disso acabei comprando umas bijus lindas de viver, afinal um enfeitezinho a mais sempre cai bem, e pelo precinho que estava "Oh delicia", sei que muitas meninas gostam de ostentar jóias, outras gostam de dizer que ostentam ou até mesmo com bijus só que de loja eu tenho algo a dizer, nessa banca onde encontrei essas bijus estava a venda um maxi colar IDENTICO ao que comprei semana passada em uma loja do ramo, só que pela metade do preço (--'), não que eu seja pão dura, mas poxa né metade é metade, quer dizer que eu poderia ter 2 agora, enfim vou contar o precinho que paguei nessas duas lindezinhas simples e bonitas (mesmo que minha câmera do celular não tenha lá muita qualidade).


 Lindinhos né, bem simples mas de bom gosto e o precinho hummm, pasmem: Pulseira em pedraria R$10 e a Argola tripla em pedraria R$5

     Sim estou muito orgulhosa pela pechincha.

     Agora é hora de partir pra fazer aquele almocinho leve e gostoso, bjs.

Mudança de Hábito

     Hoje acordei com uma motivação extra pra começar a mudar meus hábitos, se vou conseguir seguir pra sempre ou por um período de tempo suficiente pra tornar comum eu não sei, mas eu sei que acordei disposta a fazer diferente HOJE, não vou fazer promessas para amanhã, nem para as próximas semanas e meses, vou me esforçar pra em ter um dia diferente de todos os dias destes últimos 5 anos onde levei uma vida sedentária e regada de má alimentação.

     Ontem chegou meu lindo jogo "Just Dance 2014" onde tem um contador de calorias gastas de acordo com a intensidade a qual eu executo cada dança, achei interessante fazer uma análise juntamente com um app que instalei em meu celular chamado Dieta & Saúde onde eu posso fazer a contagem de pontos e calorias ingeridas...

    Então vamos usar a tecnologia a meu favor, mas antes uma passadinha na feira do meu bairro pra comprar umas frutinhas e legumes pra fazer minhas refeições saudáveis de hoje, se amanha eu acordar com a mesma motivação continuo nesse ritmo, mas não quero criar um compromisso pois assim acaba parecendo obrigação, e não quero isso, o que eu quero é chegar no fim do dia e me sentir bem com meu sucesso de HOJE!

sábado, 21 de dezembro de 2013

Tudo mudou!

   Aos 20 anos engravidei, foi uma fase linda de minha vida, e depois que tive meu bebê voltei ao meu peso em uma semana! SIM, em uma semana eu estava pesando 58 quilos lindos.
   Nos primeiros anos fui ganhando alguns quilinhos extras, mas nada que eu pudesse reclamar, cheguei a 63 quilos usando manequim 40, tava de boas.
   Mas dos meus 25 anos em diante comecei a ganhar mais e mais peso, e hoje aos 28 estou com 93 quilos!
   É isso: 30 quilos em 3 anos! :@

  Fim, huehue!

O "Antes"

   O meu trajeto até o mundo dos gordinhos é muito comum entre as mulheres, vou contar um pouco.

    Desde criança fui magricelinha, daquelas beeem magras mesmo, adolescência também magérrima, não gostava muito disso, na verdade eu gostaria de ter um pouco mais, eu disse UM POUCO MAIS.  

   Em números, na minha adolescência eu costumava pesar 50 quilos, fazia realmente aquele estilo tábua, e não era legal, não tenho vontade de ter esse peso novamente, e o máximo que eu chegava quando ganhava um pouco de corpo era 53 quilos. Teve uma época que passei por problemas e cheguei a pesar 46 quilos, eu tinha aparência de doente (MESMO)  e isso me deixava depressiva, graças a Deus logo recuperei os 50, rsrs.

   Dois anos se passaram e eu cheguei a pesar 58 quilos, eu me achava a ultima bolacha do pacote, UAU era o máximo ter curvas, minhas calças jeans tinham volume nas coxas e bumbum, tábua nunca mais HAHÁ! Mas não durou muito, em menos de um mês eu já tinha perdido 2 quilos, coisa que hoje não me fazem muita diferença, mas quando era magra fazia até demais, mas mesmo com 56 quilos eu estava feliz, muito feliz, pois acreditei que tinha chegado ao corpo ideal, achei que tinha passado da fase adolescente para adulta aos 19 anos, doce ilusão...